Verdade dos riscos e riscos da verdade

9 de fevereiro de 2011

Debruçados sobre os mapas que hoje dormem nos museus, portugueses e espanhóis riscavam as rotas dos mares nunca dantes navegados que os trouxeram ao Novo Mundo. Esses riscos passaram para outras línguas – risk, risque – com a conotação que ganharam na nossa: lá onde mora o perigo. O risco é isso, uma rota desconhecida, um […]

continuar lendo