O espírito carioca

9 de julho de 2012

Diante do céu límpido que mergulhava no mar insolentemente azul, moldura de um Pão de Açúcar também azulado, no mágico fim de tarde de inverno, pensei: nada mais justo do que eleger essa cidade patrimônio da humanidade. Quem já correu mundo sabe que não é em qualquer esquina que se encontra uma paisagem assim, menos […]

continuar lendo